Conheça as Regras do Dinheiro: Em Favor de sua Riqueza!

Conhecer as regras do dinheiro é fundamental para quem busca ficar rico e usufruir de uma vida diferenciada. Afinal, quem não deseja ter uma vida de abundância financeira e viver sem se preocupar com boletos?

Sim, é bem verdade! Todos querem ter uma vida repleta de abundância financeira.

Entretanto, embora este também tenha sido um dos desejos que tenho carregado desde a minha infância, confesso que ao mesmo tempo até significante parte da minha vida adulta, eu o via e acreditava como sendo algo difícil e cada vez mais distante de mim. Mas, por que assim?

Esta era uma pergunta que eu me fazia recorrentemente. Até que, já cansado e inconformado em ter uma vida de limitações e carências, eu definitivamente me decidi a encontrar a resposta e não ficar mais “preso” à tal desagradável condição financeira. E assim definitivamente mudá-la em direção a construção de uma jornada de riqueza.

Neste sentido, me comprometi a buscar por educação que me ajudasse a entender mais sobre finanças. Embora já estivesse estudando um outro curso superior em ciências humanas, resolvi recomeçar, mudando de curso, ou seja, iniciando a estudar ciências contábeis.

Os novos estudos certamente me ajudaram a conhecer valiosos princípios fundamentais aplicáveis não só às entidades, mas também aos indivíduos. Como também me possibilitou a construir uma carreira profissional de continuo crescimento em finanças.

No entretanto, o real ponto chave de virada em minha vida se deu não necessariamente com os estudos acadêmicos, mas sobretudo com estudos em desenvolvimento pessoal e ajuda de alguns profissionais mentores.

A partir deste caminho, cheguei a estudar também importantes autores referências em finanças e desenvolvimento pessoal. Assim eu pude de forma direcionada a identificar as minhas crenças limitantes e negativas, substituí-las por outras positivas, bem como conhecer as regras do dinheiro e suas aplicações.

Ficar financeiramente abundante não é nada ruim e é completamente possível quando você conhece e aplica as regras do dinheiro e se torna a pessoa com as devidas crenças positivas alinhadas à riqueza.

As 12 regras do dinheiro

Por isso, neste texto, com base em nosso aprendizado ao longo dessa jornada e inspirados por diversos escritores famosos sobre finanças e desenvolvimento pessoal, queremos compartilhar com você as 12 regras do dinheiro que selecionamos e consideramos mais essenciais.

Elas têm estado me ajudando continuamente e a acredito que podem lhe ajudar também na construção ou ampliação de seu mindset sobre finanças, bem como sua independência e abundância financeira.

Confira agora mesmo!

1.     Substitua suas crenças limitantes ou negativas por outras positivas

Como já mencionado na introdução deste texto, identificar a suas crenças limitantes ou negativas sobre dinheiro, deve ser uma prioridade de cada indivíduo que deseja ter crenças alinhadas à riqueza.

Você nunca vai ficar rico se nutre todos os dias crenças negativas sobre o dinheiro, como por exemplo essas que eu ouvia com frequência ainda enquanto criança: “dinheiro é sujo” ou ainda “toda pessoa rica não é honesta”, etc.

Lembre-se que o dinheiro somente potencializa aquilo que você é, te dando mais oportunidades de ser uma pessoa boa ou ruim com dinheiro.

Portanto, elimine de seu dia-a-dia a crença de que “dinheiro é ruim”, que “ser rico é ser uma pessoa má ou desonesta” e que existem pessoas “podres de rica”. Mude a sua mentalidade! Construa novos pensamentos e crenças que substituam os negativos e reforçam os positivos, assegurando-se de que estejam verdadeiramente alinhados à vida de abundância financeira que você deseja.

Caso contrário, você sempre estará sabotando a sua possibilidade de se prosperar financeiramente e enriquecer. E com isso, nunca vai sair da posição de um sonhador que espera ficar rico um dia, mas que não sabe como.

2.     Te ensinaram errado a fórmula do dinheiro

Sente que você trabalha muito e mesmo assim, não consegue ter dinheiro sobrando? Talvez seja por não saber que a fórmula do dinheiro que você aprendeu está errada!

Certamente você aprendeu que {Receita – Despesas = Poupança} e por isso só economiza aquilo que “sobra” e sempre diz que “mas não sobra nada” – Por experiência própria, sei muito bem como esta situação é desagradável!

Quando na verdade o correto é {Receita – Poupança = Despesa}. Quando você muda a ordem dos fatores ocorre uma magia na sua vida financeira. Mas é necessário ter coragem para mudar.

Com esse mesmo entendimento, Robert Kiyosaki, o autor do livro best-seller, “Pai Rico, Pai Pobre”, também afirma, embora em outras palavras: “Pay yourself first” ou “Pague-se (a si próprio) primeiro”, em português.

Isto quer dizer que de tudo que você ganha, priorize retirar(antes mesmo de começar a pagar os outros ou suas obrigações) uma parte para você. Essa parte deve realmente ser sua. Guarde-a e faça-a trabalhar para você!

Em primeiro momento, não se importe muito com o quanto poupar, mas foque em retirar e guardar a sua parte, foque na disciplina e consistência em fazer isso, em pagar primeiro a sim mesmo. Pois assim certamente resultará na construção de um hábito poderoso a favor de sua prosperidade crescente.

3.     O dinheiro não é o fim, mas o meio de facilidade

Já sentiu que por mais que você se esforce o dinheiro parece escorrer de suas mãos entre os dedos como areia?

O dinheiro não é o fim, ele é apenas o meio para alcançar facilidades e sonhos. Enquanto você só foca em ganhar dinheiro está deixando de lado outros passos importantes para que possa ganhar melhor e com isso, otimizar seus resultados e tempo.

Uma certa vez, eu ouvi uma metáfora que acredito traduzir muito bem esta regra: Se você tentar perseguir o gato, ele sempre fugirá de você. Mas se você tiver o que o gato quer, ele certamente virá até você. Então, foque em atrair o grato!

Ou seja, em seu trabalho qualquer, por exemplo, foque no valor que você agrega com ele, no impacto positivo a gerar à outra parte, ou às pessoas ou ao mundo, e não na renda (dinheiro em si) que você ganha com ele.

Jim Rohn, famoso empreendedor, autor e palestrante americano, já afirmava: “Do more than you’ve paid for” o que significa “Faça mais do que você é pago para fazer”.

Portanto, pare de enxergar o dinheiro como a finalidade suprema de todas as suas ações e você vai perceber como a sua vida financeira será positivamente impactada a partir de então.

4.     Não use o dinheiro sem tê-lo

Esta regra parece ser óbvia, mas muitas pessoas parecem não entender e acabam se afundando em dívidas com o objetivo de viver uma vida que não é compatível com os seus proventos mensais.

Esse erro te faz levar uma vida sempre medíocre e com problemas para aumentar seu patrimônio. Portanto, não use o dinheiro que ainda não tem.

Aquele saldo disponível como limite no cartão de crédito não é seu dinheiro. Assim como, o cheque especial, empréstimos e até financiamentos não são seu dinheiro.

Além do mais em caso de qualquer inadimplência sua, os altos juros comumente praticados pelas instituições credoras, associado ao poder dos juros compostos, irão trabalhar severamente contra você. Por isso, não devem fazer parte de sua rotina como se fossem. Jamais cogite a ideia de que são seu dinheiro e podem ser gastos de forma desenfreada, muitas vezes para simplesmente satisfazer uma gratificação imediata e desnecessária. Afinal, tudo que você gasta precisará ser pago em algum momento.

5.     Semeie agora e regue disciplinarmente para colher no futuro

Quando não estão contra você, como já mencionado na regra acima, os juros compostos são mágicos!

Não subestime o poder dos juros compostos. Ainda que você invista pouco hoje, você pode ter muito no futuro. E quanto mais cedo você começar a investir inteligentemente, mais vai perceber todo o poder que eles possuem sobre seu capital.

Por exemplo, se você tem 20 anos de idade e começa investir R$350 por mês, você pode ter mais de R$1’000’000 aos 50. Sendo que 90% desse milhão seria apenas de juros.

Plantar para colher no futuro é uma escolha muito inteligente que vai te proporcionar uma vida muito mais confortável que a maioria e que permitirá que você possa se divertir com tudo que acumulou.

Viajar, trocar de carro, reformar a casa são seus sonhos? Então junte e invista todos os meses até que eles se tornem realidade. Mas, atenção! Aquisições de bens com os quais você não vai ganhar renda ativa, não são investimentos.

Portanto, escolha um momento adequando para comprar certos “confortos”, não comprometendo assim a continuidade sustentável de seus investimentos. Entendimento este também reforçado na regra seguinte.

6.     Você precisa: Ganhar mais, Gastar bem, Investir melhor

Seu sonho é enriquecer? Então você precisa trabalhar em 3 pilares ao mesmo tempo: ganhe mais, gaste bem e invista melhor.

Não adianta ser o melhor investidor da bolsa se você tem uma renda pequena para fazer os aportes. Assim como, não adianta ganhar uma fortuna se você gasta muito e quase, ou simplesmente, não sobra para investir.

Não compre porcarias, supérfluos! Prefira gastar bem e eficientemente, comprar bons itens duráveis, investir bem seu dinheiro com boa taxa de retorno e sempre se educar, capacitar para ganhar cada vez mais.

É esse conjunto de estratégias que tende a levar qualquer pessoa a faturar muito mais e ter a qualidade de vida que sempre sonhou por ter tomado as melhores decisões para seu futuro.

7.     Não deixe para começar amanhã ou depois

Comece agora mesmo a cuidar de seu dinheiro. Mesmo que tenha dívidas ou ganhe pouco. O tempo é seu melhor amigo ou seu inimigo das finanças.

Se você está devendo, os juros são favoráveis para o Banco credor, mas se você está investindo bem os juros passam a ser favoráveis para você. E com a ação do tempo e juros o capital se multiplica.

Comece hoje mesmo a deixar esse jogo favorável para o seu enriquecimento e você vai perceber que consegue até mesmo ultrapassar suas metas mais ousadas se realmente se dedicar ao processo.

8.     Nunca perca dinheiro

Esta é simplesmente a regra número 1 de ninguém menos que Warren Buffet, amplamente conhecido como um dos maiores mega-investidores mais bem-sucedidos e ricos do mundo. Esta regra é tão importante para ele, que a sua regra número 2 é: “Nunca esqueça a regra número 1”.

Você também já ouviu falar que dinheiro não aceita desaforo? Nunca faça negociações ruins, atrase boletos com o dinheiro na conta ou compre o mais caro por preguiça de procurar mais. Perder dinheiro diariamente é uma atitude que vai comprometer todo o seu futuro.

Respeite o seu dinheiro. Invista o seu dinheiro somente em negócios que você entende ou antes de investi-lo procure orientar-se com quem entende e sabe como fazê-lo render.

Quem tem o hábito de perder dinheiro precisa se reprogramar em relação ao uso dos recursos. Orientar-se antes de investir assim como pensar antes de gastar o seu dinheiro são cuidados necessários e que te ajudam a ter informações prudentes, bem como tomar as melhores decisões para seus recursos.

Dessa forma, você não vai deixar margem para negligência, que perca dinheiro com frequência e que isso arruine sua vida financeira aos poucos. Más negociações são erros que precisam ser usados para seu aprendizado.

9.     Tenha conhecimento, paciência e foco em sua jornada de investimentos

Na hora de investir, lembre-se de ter conhecimento, paciência e foco. Ganância, medo e impaciência são os piores conselheiros financeiros que uma pessoa pode ter.

Em especial se você está fazendo investimentos na Bolsa de Valores, por exemplo, onde os investimentos podem tender a ricos e volatilidades mais altas, sobretudo em situações de maior estresse do mercado.

Querer ficar rico do dia para a noite aumenta as chances de movimentos mais ousados que apresentam grande potencial de te deixar pobre ou “quebrado” por muitos anos. Portanto, não acredite em ganhos milagrosos ou promessas de ganhos muito rápidos.

Prefira uma estratégia de longo prazo que tende a ser mais eficiente, ainda que demande paciência, disciplina e consistência. Adicionalmente, aqui vai novamente mais um conselho meu para você: Desconhece ou não entende muito sobre investimentos?

Conte com a ajuda e orientação de profissionais especializados. Hoje no Brasil existem muitas casas de “research”, análises de investimentos sérias que promovem auxílio e educação financeira a custos bem aceitáveis, sobretudo para quem estar começando ou quer começar a investir. Pesquise e avalie uma que possa atender às suas necessidades neste sentido!

10.     Foco nos aportes consistentes e no longo prazo

A disciplina é sua maior aliada quando se fala em enriquecimento. Mesmo quem pensa em investir na Bolsa de Valores deve ter foco no longo prazo.

Uma vez que, as ações podem remunerar com dividendos e ainda apresentar valorização no longo prazo quando o investidor compra ações de boas empresas e a bons preços.

Por isso mesmo, trace uma estratégia para no mínimo 10 anos, tendo como objetivo fazer aportes regulares nas empresas ou investimentos que acredita. No caso de investir em empresas de qualidade e boas pagadoras de investimento, você pode até mesmo usar os dividendos para comprar novas ações e assim, aumentar seu patrimônio ano após ano.

Sem dúvidas, você estará alimentando os juros compostos que vão crescer e te ajudar a alcançar a renda que sempre sonhou em ter. Esta é inclusive uma das principais, se não a principal, estratégias de investimento do bilionário e maior investidor pessoa física da B3, bolsa de valores brasileira, o senhor Luiz Barsi Filho.

11.     Ganhar dinheiro não é querer prever o futuro

Muitas pessoas acham que vão encontrar uma grande oportunidade e só assim vão ficar ricas. Quando na verdade, ganha dinheiro quem investe com sabedoria e aproveita o tempo para fazer novos aportes com consistência, gerenciar o que já tem e tomar as melhores decisões com base num estudo prévio.

E mais uma vez insisto com o seguinte, pois é muito importante: Você não tem conhecimento suficiente para investir assim? Se não, estude ou procure pelo auxilio de profissionais hábeis para tal, como já mencionado nas regras 8 e 9.

Ganhar dinheiro não é uma questão de pura sorte. É disciplina, consistência e foco no longo prazo e em seu objetivo que fazem total diferença na hora de garantir que você realmente possa sair da condição atual e se torne uma pessoa com abundância financeira crescente.

12.     Compre ativos, não passivos

Como também já mencionado na quarta regra, muitas pessoas compram passivos jurando que estão comprando ativos, como o carro para passeio, a casa onde moram e outros passivos.

Lembre-se que, só é um ativo aquilo que te dá alguma renda como retorno. Quem tem diferentes fontes de renda dificilmente terá problema financeiro na vida. Por isso, vale a pena investir o seu dinheiro com sabedoria, comprar diversas classes de ativo com consciência, estratégia e consistência, fazendo com que o seu dinheiro trabalhe para você e que suas fontes de renda sejam múltiplas e você não passe dificuldades mesmo frente a adversidades.

Aplique as regras do dinheiro em sua rotina!

Mudar a forma como pensa sobre dinheiro e como se comporta em relação ao dinheiro é fundamental para evitar que você seja só uma pessoa sonhadora que gostaria de enriquecer, mas não sabe como.

Sempre é importante aprender sobre suas emoções e comportamentos para que possa tomar as melhores decisões em sua rotina e a partir disso, enriquecer.

Saber como cuidar do dinheiro que você ganha é fundamental para alcançar o padrão de vida desejado e ainda se manter rico. Quando as pessoas não sabem como cuidar das finanças, acabam ficando pobres mesmo que ganhem na loteria ou ganhem muito dinheiro todos os meses. Por isso, as regras do dinheiro são tão importantes.

Dica EXTRA

E antes de finalizar este texto, gostaria ainda de deixar aqui como uma dica extra, a recomendação de 3 livros super essenciais para leitura. São eles:

  • Pai Rico, Pai Pobre, por Robert T. Kiyosaki
  • O Homem Mais Rico da Babilônia, por George S. Clason
  • O Milionário Mora ao Lado, por Thomas J. Stanley

Eu acredito que essas leituras são de caráter obrigatório e farão você mudar positivamente a sua forma de ver o dinheiro, te ajudando sobretudo a se conectar com as mais positivas crenças sobre o dinheiro em favor de sua jornada de liberdade e abundância financeira. Não deixe de lê-los!

Agora que já aprendeu as 12 regras do dinheiro, quais delas você já seguia? Se nenhuma delas é parte de sua rotina, saiba que você pode e deve implementar agora mesmo. E então, gostou deste conteúdo? Fez sentido pra você? Comente com a gente aqui logo a baixo, e não deixe de compartilhar também com seus amigos e familiares! Combinado?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Cadastre-se para receber em primeira mão todos os nossos novos artigos e atualizações:

E de brinde, receba gratuitamente o valioso guia “7 Estratégias Incríveis de Crescimento para Transformar Positivamente a Sua Vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Receba gratuitamente o valioso guia “7 Estratégias Incríveis de Crescimento para Transformar Positivamente a Sua Vida".

Cadastre-se para receber nossas novidades e Pegue Já o Seu!

É grátis e seus dados estão seguros. Não fazemos spam!

Autor

Werllënn Almeida é fundador e editor do blog Valor Que Conta, além de ser contador especialista em gerenciamento contábil pela UFBA . A partir deste blog, escreve e compartilha conteúdos de alto valor, voltados ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Posts recentes:

Eu gosto muito de ouvir os leitores, inclusive se você tiver um comentário ou sugestão sobre o nosso blog ou newsletter.

A melhor maneira de entrar em contato comigo é partir do uso do formulário a seguir ou por meio do email:

Verifique seu e-mail!

Favor checar o seu e-mail para confirmar a sua inscrição.

Caso não tenha recebido o e-mail, verifique a caixa de spam ou promoções.